quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Quanto tempo de estudo é preciso para ser realmente fluente em inglês?



Quanto tempo de estudo é preciso para ser realmente fluente em inglês?


Muita gente tem esta dúvida, mas afinal, quanto tempo é necessário para realmente falar bem em inglês? A tão sonhada fluência em inglês. Mas infelizmente a resposta não é nenhum pouca simples.

Pois além do número de horas de aula... existem outros fatores para atingir este objetivo. Por exemplo:

- Qual o nível atual do aluno? Isto é, o que você já sabe de inglês? É importante verificar se a escola possui profissionais gabaritados para analisar o seu nível. 

- Qual é a carga horária semanal de aulas? Desconfie de cursos que vendem "aulas rápidas" ou aulas "sem gramatica" ou "sem falar" ou pior...."em português". 

- Estudo extraclasse para consolidar o que é visto nas aulas. Verifique se o curso oferece outras atividades. Se possui fotos de alunos (suspeite de escolas sem fotos de alunos), pesquise se a escola está presente nas redes sociais... pois atividades precisam estar antenadas com tecnologia.

- Ritmo de aprendizagem do aluno. Se possui facilidade ou não para aprender um idioma estrangeiro.

- Metodologia. Evite de todas maneiras cursos que foquem na tradução ou decoreba. Pois isto dificulta muito o aprendizado. Além de enganar.

- Qualidade das aulas (professores gabaritados e com bom currículo) e bons materiais (fuja de apostilas) é um enorme diferencial.

- Numero de alunos na sala. O ideal é estar em uma sala com poucos alunos, no máximo de 12. Pois a prática oral precisa ser observada individualmente pelo professor. Mas cuidado com salas com 1, 2 ou 3 alunos apenas... pois também pode inibir o aluno. 

- Invista sempre em escolas que são Centro Aplicadores de Exames Internacionais. Os de Cambridge são um dos mais respeitados. Pois ter este diploma realmente qualifica seu real nível. Não acredite em diplomas das escolas de idiomas. Pois o "Avançado" de uma escola pode não ser nem o "intermediário" de outras. Cuidado!

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More