terça-feira, 17 de junho de 2014

10 Dicas para escolher uma escola de idioma



Dicas para escolher uma escola de idioma


Escolher uma boa escola de idioma  é o primeiro e mais importante passo para aprender certo e garantir o seu futuro (ou da sua família). O que espera do futuro?

Como o sonho de viajar para o exterior, falar mais de 1 idioma, entrar em uma boa faculdade, entrar em uma universidade de renome, etc somente estudando em uma boa escola o seu sonho pode tornar-se realidade, e uma boa pesquisa é uma obrigação.  Então, as informações mais úteis que você pode ter, melhor. Especialmente se a decisão irá determinar para qual escola de idiomas que você vai assistir.
Antes de fazer uma escolha, leia este dicas:

1. Compare sempre. Compare os cursos de idiomas oferecidos por escolas de idiomas diferentes. Analisar o preço, é claro, é importante. Mas cuidado, o barato sai caro. Suspeite de escolas que dizem que você pode aprender a falar em em 1 ano. Infelizmente mágicas assim não existem.

2. Procurar credenciamentos. Analisar se as escolas são credenciadas com selos de qualidade por associações conhecidas para garantir que as escolas atendam suas expectativas. A escola dizer que prepara o seu aluno para exames internacionais ou que seus professores são certificados é muito pouco.  Somente uma marca sendo centro autorizado garante realmente que o aluno será fluente.
Acesse a lista: http://www.cambridgeenglish.org/find-a-centre/

Opte por escolas que preparam alunos para exames internacionais, mas principalmente que sejam credenciadas por tais exames. Uma escola ser um Centro Aplicador faz uma enorme diferença. 


3. Leia opiniões de outros alunos e convidados como você e aprender sobre suas próprias experiências pessoais. Então você pode decidir qual escola ou alojamento é perfeito para você.  Dica: pesquise, antes de matricular-se, sobre a marca no Reclame Aqui. Suspeite se a escola tiver mais do que 10 reclamações. E veja se a escola esforçou-se para resolver o problema.

4. Localização da escola. Verifique a localização da escola. Ao decidir a escola e o local que você gostaria de estudar em, existem algumas coisas para pensar; no entanto, o mais importante é considerar suas preferências pessoais.

De um modo geral, se a escola está no centro da cidade, você será mais perto de lugares como restaurantes, bares, lojas, eventos culturais e atividades de lazer. No entanto, como opções nessas áreas de habitação são mais caros, que você pode preferir viver longe da sua escola do que você faria se você estudar nos subúrbios.

Se a escola é no subúrbio, você geralmente vai ficar numa área mais silenciosa, mais relaxante e muitas vezes mais segura. A única desvantagem de estudar em uma escola fora da cidade é que é provável que dependem de transporte público para se locomover, que pode ser um desafio, especialmente à noite.

5. Tamanho da escola. Tamanhos de escola variam muito de escolas com poucas salas de aula para as escolas com vários edifícios dedicados à aprendizagem de línguas. Embora cada escola é diferente, pode ser útil saber o que você geralmente pode esperar quando se trata de tamanho de escola.

De um modo geral, maiores escolas oferecem melhores instalações, tais como bibliotecas, e laboratórios de linguagem multimídia. Eles também oferecem uma maior gama de níveis de classe, que garante que você estará em uma classe com outros estudantes que compartilham de proficiência de língua semelhante. Se você estiver procurando por cursos de especialidade, maiores escolas também oferecem mais opções para grupos como crianças, adolescentes, executivos de negócios e faixas etárias específicas (como 50 e acima).

Finalmente, grandes escolas têm mais alunos e ofereceram a oportunidade de conhecer mais pessoas durante seus estudos. Pequenas escolas, por outro lado, oferecem uma atmosfera mais pessoal, normalmente com menos alunos por turma (especialmente durante a baixa temporada), que permite que você Aprenda rapidamente e intensamente. Pequenas escolas para oferecer maior flexibilidade para a tomada de pedidos individuais de estudante em conta e a oportunidade de estabelecer relações mais profundas com professores e colegas.

6. Tradição. A escola ser ou não franquia não influi no ensino. Existem muitas escolas que são franquias e são excelentes no ensino assim como existem "bandeiras brancas" (escolas de bairros) que possuem método próprio que mais atrapalham do que ensinam.

O mais importante é você matricular-se em uma marca com um tempo considerável de mercado ou que contem com profissionais renomados com propostas comprovadas e garantidas por uma entidade ou marca maior. A escola sendo centro aplicador, o aluno já estará seguro.

7.  Cuidado com contratos longos. Tome cuidado com planos muito longos ou contratos com multas altíssimas. A retenção da escola deve ser obtida através da satisfação de seus alunos e não ameaças de multas contratuais. Nunca indicamos o aluno fechar contratos acima de 1 ano ou comprar o material de todos os cursos em uma única vez. Novamente, verifique no Reclame Aqui se a escola que você esteja inclinado faz isto.

8.  Formação de seus professores. Verifique a formação dos professores. Dê preferência para uma escola que conte com professores certificados internacionais, experiência e dedicação exclusiva para a profissão.

9.  Comunicação Institucional. Você pode não acreditar, mas a comunicação visual e redação da escola conta muitos pontos. O que pensar de uma escola que divulga seus cursos e marca com erros de português, gramática e até mesmo de inglês? A escola possui um site profissional? Você tem acesso a bastante conteúdos? Fotos de alunos? Afinal, estudar em uma escola onde você veja poucos alunos pode significar algo, não acha?  Confie em uma escola com muitas unidades e com um certo nome no mercado.


9.  Aulas demonstrativas. Nada mais justo do que experimentar uma aula antes de decidir. Analise tudo nesta aula: qualidade do professor, se trabalham com lousa interativa (cuidado com marcas que dizem possuem lousa interativa e no final apenas mostram uma tela de tv grande com exercício no micro), opte por escolas com poucos alunos por sala de aula (você aprenderá mais), analise o atendimento e principalmente busque referências. 
 

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More