quarta-feira, 10 de julho de 2013

Benefícios em ser bilíngue

Benefícios em ser bilíngue


Olha que legal esse vídeo que fala sobre os benefícios de ser bilíngue para o cérebro!
Para você que quer aperfeiçoar a língua ou aprender um pouco mais de inglês, a  legenda é uma ótima oportunidade! Mas claro que abaixo você encontra a tradução para sanar suas dúvidas!



Há mais evidências sugerindo que ser bilíngüe é bom para o cérebro. 

Um novo estudo descobriu que adultos mais velhos que falam duas línguas desde a infância mostraram melhores habilidades mentais do que os que falam apenas uma língua. Estudos anteriores mostraram que a capacidade de falar duas línguas, ou bilingüismo, parece favorecer o desenvolvimento dessas habilidades.

O estudo foi publicado no Journal de Neurociencia, Brian Ouro foi o principal autor do estudo. Ele é um neurocientista da Universidade de medicina de Kentucky . Dr. Ouro e sua equipe pediram às pessoas para classificar cores e formas em uma série de exercícios simples. Eles usaram imagens do cérebro para comparar o quão bem três grupos de pessoas realizavam estes exercícios. 

Os grupos eram idosos bilíngues, idosos monolíngües e adultos jovens. A imagem mostrou padrões diferentes de atividade na parte frontal do cérebro, em uma área usada para o processamento dessas tarefas. Dr. Ouro diz que os resultadossugerem que os indivíduos bilíngues usaram seus cérebros de forma mais eficiente.

Dr. Ouro observa que, saber uma segunda língua não fez diferença para os jovens adultos. Eles se saíram melhor nos exercíciosdo que ambos os grupos de pessoas mais velhas. Mas ele afirma que os adultos mais velhos e bilíngües parecem ter construídoum excedente de uma vida de maior atividade mental. Ele diz que a pesquisa confirma um estudo anterior sobre bilinguismo entre os pacientes com doença de Alzheimer. 

Esse estudo mostrou que os falantes bilíngües  que sofreram mais danos cerebrais, foram capazes de pensar no mesmo nível que os pacientes com menos danos. Dr. Ouro acredita que o novo estudo confirma que o bilinguismo pode proteger o desempenho do cérebro. 

De Carolyn Presutti.

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More