terça-feira, 9 de abril de 2013

Pesquisa aponta que 5% dos brasileiros sabem falar inglês

Pesquisa aponta que somente 5% dos brasileiros sabem falar inglês 

Consultores e empresários repetem há anos a mesma assertiva de que, hoje em dia, falar inglês não é mais opção, e sim uma necessidade básica exigida pelo mercado de trabalho.


A mão de obra que preencha esse requisito, porém, ainda não é satisfatória, de acordo com a pesquisa divulgada recentemente pela British Council que revela um dado preocupante: apenas 5% dos brasileiros sabem falar inglês.

A carência de profissionais qualificados é respaldada no estudo realizado pelo site Vagas.com, feito com 37.389 candidatos em 12 estados.

Desse número de pessoas, 51% asseguram no currículo ter conhecimento avançado ou fluente de leitura e escrita do inglês, quando na verdade, após teste de proficiência, ficar provado que somente 36% possuem o domínio condizente com o inserido no currículo.
 
Se atualmente a exigência da segunda língua já é fator determinante, com a aproximação da Copa do Mundo esse diferencial se torna ainda mais visível na disputa por uma vaga de trabalho. Diante da demanda de mercado evidente, por que ainda há um número tão pequeno de fluentes?

Segundo Fernando Silva, diretor da escola Centro Britânico Tucuruvi (inauguração prevista em Julho/13), a idade com que o aluno inicia o estudo faz muita diferença, uma vez que no período escolar os obstáculos são menores e a capacidade de retenção é maior.

Para os que deixaram para aprender inglês somente na fase adulta, há descontinuidade do curso por motivos diversos, o que exige a necessidade de flexibilidade da escola e determinação do aluno.
Por causa da vida corrida dos adultos, muitos enfrentam dificuldades para se empenhar nos estudos. Por isso, a metodologia de ensino empregada nos cursos deve ser interessante, dinâmica e possibilitar o aprendizado não só em sala de aula, mas também em casa”, conforme Fernando.

Com vista nesses aspectos, O Centro Britânico expandiu sua área de atuação no Brasil, além de ter como um grande diferencial o método de ensino aprovado pela Universidade de Cambridge (a escola é uma das únicas marcas brasileiras que são centro aplicador de exames internacionais de Cambridge).

 Além do ensino especializado para crianças e adolescentes, oferece cursos do básico ao avançado para jovens a partir dos 14 anos e adultos de qualquer idade.

O Centro Britânico é respaldada e embasada na experiência da Universidade de Cambridge .

O aprendizado é baseado na abordagem comunicativa, que prioriza o desenvolvimento linguístico a partir da vivência de situações do cotidiano dos estudantes. As salas de aula ainda contam com lousas interativas para tornar o estudo mais dinâmico e despertar a atenção dos alunos.

Além dessas ferramentas, a instituição mescla o trabalho da sala de aula com a prática através de outros meios não presenciais e a valorização do aluno / profissionais.


 

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More