sexta-feira, 2 de março de 2012

Funcionários do Mercado Municipal da cidade querem se preparar para receber turistas estrangeiros.



Os trabalhadores de um ponto turístico de São Paulo começaram nesta terça-feira (29) a preparação para a Copa do Mundo.

É o paraíso dos sabores. No Mercadão de São Paulo, não é exagero dizer: se encontra do bom e do melhor. Carnes, peixes, linguiças, queijos, temperos, ervas, frutas e, claro, o bacalhau. E ainda tem o famoso pastel e o enorme sanduíche de mortadela.

Tantas delícias em um prédio quase centenário fazem do Mercado Municipal de São Paulo um dos locais mais visitados pelos turistas. E com a Copa do Mundo na mira, os funcionários começam a se preparar para receber quem vem de fora. O que eles estão aprendendo não é papo de vendedor, não. É inglês, mesmo.



Foi a primeira aula de inglês da vida para todos eles. O curso terá 40h e vai ser dividido por áreas de atuação. Começou com o pessoal dos restaurantes. Depois será a vez da turma da carne, dos peixes e daí por diante. E haverá aulas também de francês e espanhol. Nada de gramática tradicional.

“Nós perguntamos qual a situação em que a pessoa precisou falar inglês e sentiu dificuldade. Foi a partir disso que montamos todo o curso, a partir do que o aluno precisa”, contou Angela Lessa, professora da PUC-SP.

O garçom Jackson, se não conseguir falar em inglês, vai de “baianês”. “Inglês misturado com nordestino é: ‘sente aqui, vai encher o bucho’, brinca o garçom Jackson Pereira da Silva.

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More